segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Amor de sonho

Procuro viver p`ra amar
Vivo a vida de emoção
Tão grande é meu querer
Que magoa meu coração.
Procuro aqui e acolá
Sem ninguém encontrar
Também me irei perder
Na vida vou escorregar.
Só não é este o meu querer
Deve ser sonho do mal
Que eu estou a sonhar
Continuarei a procurar
Entre a água entre o sal
O amor hei-de encontrar
Sonho de amor irei realizar

3 comentários:

José Manuel Brazão disse...

Bonito poema.
Sonha com esperança!
Beijinhos

Marta Vasil disse...

Leo,

Agradeço muito a visita ao meu canto, porque me permitiu aqui chegar e ver contemplada Évora, cidade por que tenho uma enorme paixão.

Obrigada. Voltarei para apreciar os poemas com mais vagar.

Um beijinho de aroma do encanto de Évora.

MV

Marta Vasil disse...

Esqueci-me de lhe dizer que continue sempre a divulgar Évora.

Mais um beijinho

MV